08 agosto 2016

Seja feliz!

Motivo nº:n+82

MOTIVACIONAL. SOBRE UM MOMENTO DE FELICIDADE QUE VALE TÃO A PENA QUANTO A PRÓPRIA VIDA.

Depois de um post maluco cheio de coisas desconexas, mas com uma reflexãozinha implícita, achei que deveria falar direito sobre minha volta as aulas e sobre os motivos pelos quais estou viva hoje.
Sim, isso mesmo. Viva.
Faz uma semana que estou de volta a esse mundo maravilhoso que é a UFSCar e São Carlos e essas pessoas diversas cheias de diversidade. Desculpa sociedade, desculpa minha cidade natal.
Mas o verdadeiro motivo pelo qual estou aqui hoje, estudando, numa universidade à três horas da minha casa, longe dos seres que compõem a minha família, os quais são parte de mim e amo com a minha alma (os únicos que realmente se importam), é: eu mesma.
Não uma decepção amorosa, ou perca de fé nas pessoas, ou vontade de exílio, ou qualquer outra coisa que possa parecer fazer com que uma pessoa vá para longe mesmo tendo que deixar seu tesouro para trás. 
Aliás, seu (verdadeiro) tesouro sempre estará lá. Este é o verdadeiro valor. Perto ou longe, gorda ou magra, rica ou pobre. São essas pessoas que estarão sempre de braços abertos para te compreender e te esperar quando você voltar.
Gente, sério. É muito amor.
Voltando ao assunto, já estávamos avisados que quando as aulas voltassem, o RU (restaurante universitário) estaria fechado. Ou seja, teríamos que cozinhar nossos próprios almoços e jantas.
Até aí, nada bem. Porque não tenho paciência para coisas de casa. Desculpa sociedade machista, sou mesmo um erro no seu sistema.
Agora, uma coisa é não ter paciência, outra é não saber fazer. E, dois beijos sociedade, vem Masterchef. Descobri que sou ótima cozinheira, uma cozinheira preguiçosa, porém ótima. Fui vitoriosa e no fim ainda fechei a semana com um bolo delicinha de cenoura com cobertura de chocolate. Exatamente. Aos que duvidavam da minha capacidade, deixo aqui a minha soberba.
Sobre as aulas, voltaram cheias de tarefas e foi ótimo reencontrar todo o povo.
Às vezes olho para mim aqui e sinto toda a felicidade do mundo por um momento. E mesmo que esse momento dure muito pouco ele vale tão a pena quanto a minha vida.
Se você acha que nunca passou por um momento assim na sua vida, é porque você nunca reparou. Ou então nunca se permitiu.
Permitir-se não significa fazer um monte de coisa maluca que pessoas por aí fazem e que dizem ser a cura (momentânea) para suas bads. Permitir-se significa abrir as portas para a felicidade. O ser humano tem uma mania de achar que não merece ser feliz. Perceba isso. Você põe uma música feliz para tocar e se acha muito incompetente para ouví-la. Então coloca uma música muito triste e tá tudo certo, porque você merece ser deprimido e morrer de (falsa) solidão nesse quarto escuro e frio. 
Vamo pará né. Pufavô. Acende essa luz aí.
Se a felicidade existe, ela existe. 
Não para uma classe seleta da sociedade, sim para aqueles que permitem que ela chegue e se instale.
Apenas.

20 comentários:

  1. Menina,Xeutecontar, eu sou esse tipo de pessoa que não se permite ser feliz, sempre que estou perto de alcançar algo que me deixe feliz eu desisto ou encontro um motivo pra ficar triste. Me encho com essa falsa solidão afastando as pessoas que querem ficar perto de mim. Esse texto; (juro!) ele encheu o meu coração com um misto de leveza e felicidade que raramente sinto. Obrigada! Aé tinha até me esquecido, te marquei em uma tag curtinha lá no meu blog da uma olhadinha lá flawlessmoda.blogspot.com
    bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão!! Meus olhos se encheram de lágrimas de felicidade ao ler que seu coração se encheu de leveza e felicidade *-* isso é tão... maravilhoso!! é exatamente um dos motivos pelos quais ainda escrevo aqui: tocar corações de alguma maneira!
      Obrigada por partilhar esse sentimento! Mesmo! Estou passando por lá para conferir e em breve respondo :)
      Abraçz

      Excluir
  2. Nossa amei começando pelo nome do blog já nos faz refletir, todos nós deveriamos acordar e pensar nessa frase: MOTIVOS PELOS QUAIS ESTOU FELIZ HOJE, agradecer cada momento, percebo que as pessoas só olham o que gostaria de mudar e se esquecem do que já conquistaram e o que podem conquistar em suas vidas, beijossssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo,Rô! A gratidão é o que me impulsiona para seguir em frente todos os dias e também acredito que deveria ser a força para impulsionar as demais pessoas! Td nos é dado de graça, estamos aqui e estamos vivos :)
      Abraçz!

      Excluir
  3. As pessoas as vezes colocam mil condições para poder serem felizes, qd a felicidade está sempre nas coisas mais simples! OBS: espero descobrir que sou uma ótima cozinheira tb kkk, bjus!!

    bomhumornaosaidemoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Rebeca! "Nós buscamos a felicidade por toda parte, mas somos como o mendigo da fábula de Tolstói, que passou a vida sentado em cima de um pote de dinheiro, mendigando centavos de todos os passantes , sem saber que sua fortuna estava bem debaixo dele o tempo todo. O seu tesouro - a sua perfeição - já está dentro de você.Porém, para acessá-lo você precisa deixar pra trás o frenesi da mente e abandonar os desejos do ego, e adentrar o silêncio do coração." (trecho do livro Comer, Rezar, Amar da Elizabeth Gilbert)

      Excluir
  4. Nossa super amei, e concordo em tudo que disse, temos que nos permitir, nada de depre, fico feliz que tenha descobrido que é uma otima cozinheira, haha fiquei com vontade do seu bolinho beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, Carol! Eu não botava fé nos meus feitos culinários, mas modéstia parte o bolo ficou delicinha hahaha
      Abraçz

      Excluir
  5. Hahahaha entendo BEM essa coisa de preguiça de cozinha! Sabe, também sei fazer umas coisas gostosas, mas tenho um defeito ainda maior que a preguiça: eu começo a comer enquanto estou fazendo. Quando o prato está "finalizado" para começar a comer, já comi metade dele :x

    Boa volta às aulas!

    @loucuraalternativa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beliscar é mesmo um problema hahaha mas o bom é que o resultado é garantido kkkk
      Obrigada!
      Abraçz

      Excluir
  6. Vamos viver sem pensar no que os outros vão pensar!!
    Adorei o blog e já sigo.

    ✯ Instagram ✯♮​✯ Blog Eu Sendo Assim ✯✯ Fan Page ✯

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto, parabéns! HAHAHA Parabéns pela "descoberta" de cozinhar rs

    Vem conhecer (e seguir) o meu cantinho e curti a página no Facebook *-*
    Blog: Cantinho da Mari
    Facebook: Cantinho da Mari
    Instagram do blog: @cantiinhodamarii

    ResponderExcluir
  8. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
    é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
    Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
    Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
    também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
    Sou António Batalha.
    Peregrino E Servo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, António!
      Passei por lá e já o estou seguindo.
      Abraçz

      Excluir
  9. Respostas
    1. Fico feliz em saber que mais pessoas partilham dessas reflexões. Obrigada pela visita, Teresa!
      Abraçz

      Excluir
  10. Oii Núbia, estou a começar a ler o teu blog e já adoro :) é tão bom ver a simplicidade da vida, olhando para as coisas que parecem pequenas mas...notá-las faz tanta diferença no nosso humor e na nossa perspetiva! Segui e subscrevi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Cláudia! O sentimento é recíproco quanto ao teu blog, seja bem-vinda!
      Abraçz

      Excluir

Sua interação é sempre bem-vinda!!
Deixe seu comentário acompanhado do link do seu blog que retribuo a visita!! E não esqueça de seguir também para acompanhar as atualizações!

Página Anterior Próxima Página Home
Layout criado por